quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Regionalismos da beira-Paiva


(Médio Paiva)







abada- quantidade contida numa aba de avental; grande quantidade

almotriga- almotolia; vasilha para o azeite

aguilhada- vara comprida com ferrão na ponta, para picar as vacas

arrecada- argola

augado- guloso

barranha- panela de barro vidrado

barrela- método de lavagem da roupa, em grandes cortiços, com cinza e água a ferver

barreleiro- pano de linho

barroco- caminho fundo e acidentado, com passagem de água

boletra- bolota
~
de boamente- de boa vontade

bonecra- boneca
bornal- sacola para levar a tiracolo

bosteira- monte de bosta

broche- alfinete de lapela

bucha- comida em pequena quantidade


caçoila- panela de barro

café do bom- café puro

café de cevada- cevada

calubra- cachaço do porco

caturno- meia curta



 caticha!- exclamação de repugnância

carreiro- caminho muito estreito

caneco- vasilha em madeira, para a água

cevado- porco pronto para a matança

chambaril- apetrecho para pendurar enchidos, sobre a lareira

chamiça- gravato de lenha

ciloiras- ceroulas

cobranto- quebranto; prostração

codo- gelo à superfície do chão

consoadas- presentes de Natal

contas- terço

corte- curral

cravo de papel- bandeirinha de papel

cuinhar- gritar aflitivo do porco

dada- vermelhidão no seio da mulher que amamenta

desapartar- separar

dependuradoiro- apetrecho para pendurar o porco morto de cabeça para baixo

desenriçado- desemaranhado; alisado

desmancha- operação para decompor o porco morto em pedaços

dito- ditado

encardido- muito sujo

enchedeira- espécie de funil para introduzir a carne de porco na tripa, para fazer os enchidos

engalhar- enganar

engadilhar- bulhar

enxergão- colchão cheio com palha

escaleira- escada exterior

escarrapachada- sentada com as pernas abertas

escochada- sem cabeça

escudela- espécie de bacia de madeira, para saltear a massa do pão antes de entrar no forno

fento- feto

fieira- fila

fressura- vísceras de um animal

fueiro- pau afiado que se espeta no carro de vacas para segurar a carga

gatafanho- gafanhoto

home- homem

junguir- jungir; emparelhar

lameiro- campo com erva para os animais

levada- torrente de água

licança- lacrau

longumeiro- legumeiro

mancheia- mão cheia; punhado

maninho- terreno baldio

maquia- percentagem

manteiga de porco- banha

masseira- grande tabuleiro de madeira com pernas, onde se amassa a farinha, para fazer o pão

mercar- comprar

palaio- salpicão feito com a língua do porco

palheiro- arrecadação onde se guardam palhas, fenos, lenhas e alfaias agrícolas

pão- leve- pão- de-ló

pegureiro- pastor

pedão- podão

pedoa- podoa

pilheira- monte de lenha ao lado da lareira

pirolito- bebida gasosa

poldra- pedra colocada no rio, para facilitar a passagem a pé

porteira- entrada

potra- doença na raiz de certas plantas

puído- gasto

quebrados ( toque a)- toque a finados

queiroga- torga

quentura- calor

quinteiro- pequena área do espaço habitacional, onde se fazia a compostagem de certos lixos e despejos das cozinhas

ramo da teia- medida de comprimento com cerca de três metros de teia

rede chumbeira- rede de pesca com malha apertada e pedaços de chumbo para apanhar também peixes muito pequenos

rela ou reza- espécie de rã dos matos

rogar uma pessoa- convidar ou contratar alguém

santas barbras- santas bárbaras

sebe- espécie de cerca feita de vime entrelaçado, que se usa sobre o carro de vacas, para segurar a carga

sopa-seca- sobremesa feita com fatias de pão de trigo, mergulhadas em água com manteiga e polvilhadas, às camadas, com açúcar e canela, antes de irem ao forno

sorte- campo de cultivo

sortes -( ir às)- ir à inspecção militar

suventre- parte da barriga do porco

talhadoiro- lugar onde, no rego, se interrompe o percurso normal da água para a rega

talhar a água- mudar a direcção da água; tapar a água do rego

tapada- terreno no monte, cercado de muro

tentear- equilibrar

terçogo- terçolho

tirante- excepto

tomentos- linho grosseiro


travesseiro- almofada estreita e comprida, com o comprimento igual à largura da cama

tricha- icterícia

unheiro- olheiro

venda- loja; mercearia

vessada- preparação da terra para a sementeira

vigia- rebanho

volta de ouro- fio de ouro







alapado-agachado
alancar- carregar às costas
aluado- maluco
aqueibar-deter
arancu- pessoa parada, com pouco rasgo
arreganhar a tacha- rir
astrever-se- conseguir
atrojar- dar pancada na cabeça de alguém ou de algum animal com intenção de matar
auga- água
babujar- babar
bacro- porco pequeno
balsa- dorna
barulho- zaragata; discussão
banzoneira- mulher coscuvilheira
belga- rego de água estreito que parte da torna ( rego maior)
bolastra- preguiçosa
boletra- bolota
borboreta- borboleta
bordasco- linho grosseiro
borratel- diarreia
botelha- abóbora
calha bem!- manifestação de desaprovoação a rematar uma frase
canso- cansado
caculo- acima das bordas de uma medida
caganita- excremento de cabra, ovelha ou coelho
ceia- jantar
chimpar- arremesar
calhorda- pessoa desprezível
devinha d’alhos- vinha d’alhos; marinada com vinho, sal e alho
desalvorado- agitado,sem tino, desnorteado
desinçar- desembaraçar
diteira- pessoa maldizente
encafoar- arrumar apressadamente
empalhar a água- juntar palha à terra, para melhor segurar a água no rego
emborcado- debruçado
empecer- atormentar
empegar- regar pela primeira vez
empontar- afastar alguém
escachar- puxar de esguelha
escachar- se-afastar as pernas
escarnicalho- trocista
escraviado- acidentado; que sofreu acidente
à finca- ao desafio
fizeste a bonita!- manifestação de surpresa desagradável
gaiteiros- cogumelos a nascer
gatafanhos- gafanhotos
jantar- almoço
joiça- excremento
lançar fora- vomitar
lanzudo- cabeludo
liço- fio ou cordão
lumiar- designar; apontar o nome
luxar- vestir bem
mareado- tingido
moado- fundo do caldo da tigela
moafa- trejeito
monzém- pessoa preguiçosa
odre cheio- estômago cheio
ougado- guloso pelo que é dos outros
ougar- ficar com sentido no que é dos outros
ougar- partir ao meio
patim- patamar nas escadas exteriores da casa
peitar- presentear
pelego- que tem dificuldades na fala
postema- melancolia
prosa- vaidade
sagreta- retrete
sapoilo- pessoa pequena para a idade
sarrolho- cogumelo
seguinchar- provocar
talharem-se os dentes- ressentirem-se da acidez de certos frutos
tanateiro- aldrabão
à tralhão- à toa
terrincar- ranger os dentes
torna- rego de água dos campos, de onde podem sair outros ( belgas)
trogalho- atilho
trogalho mal atado- pessoa desmazelada


Aurora Simões de Matos
in "Imagens da beira-Paiva"


Sem comentários: