quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Momentos de poesia



MOMENTOS DE POESIA
AURORA SIMÕES DE MATOS
Alguns registos fotográficos






2 comentários:

Cristina Cebola disse...

E assim se constrói uma vida...privilegiada de poesia. Belíssimo registo em powerPoint que nos dá a conhecer um pouco da Mulher Poeta, que habilmente e com arte, usa a palavra para deixar testemunho das suas raízes.
Foi surpresa para mim o fado...aguçou-me o desejo de a ouvir querida amiga!

Beijinho com muito carinho e admiração pela pessoa que é, e que eu tive o privilégio de me cruzar nesta passagem...:) ***

Aurora Simões de Matos disse...

Neste curto registo,estão alguns dos momentos que me elevam ou me reduzem a uma condição de enamoramento pelo verso.Tanto faz que,no intimismo de um serão...como no palco onde dias antes tinha actuado Amália.

Quanto ao fado,amiga,há mais de 10 anos que perdi o pio.A minha voz alterou-se,devido a uma faringite...mas sim senhor,cantei muito e diverti-me muito...Às vezes ainda me abalanço,mas já não é a mesma coisa.

Grata por ter gostado de me conhecer .Cada um tem a sua história...e não tenho,felizmente,razão para me envergonhar da minha.
Grande abraço e enorme carinho,pela sua palavra e pelo seu gesto sempre amigos.

Aurora